quinta-feira, 22 de maio de 2014

Ideal Templário

 

 

TempleBrasil

 

Associação de Estudos e Formação Templária

 

Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolymitani – OSMTHPorto

 

Priorado Magistral do Rio de Janeiro

                                                       

Rio de Janeiro, 22 de Maio de 2014

 

 

IDEAL TEMPLÁRIO

 

O QUE SE ESPERA DE UM CAVALEIRO DA OSMTH – PORTO – Pt

PERTENCENTE AO PRIORADO MAGISTRAL DO RIO DE JANEIRO

 

Além da observância do nosso Sumário de Condutas:

 

   Que esteja imbuído até o mais recôndito de seu ser do espírito da Ordem -  “Non nobis Domine, non nobis, sed nomine Tuo da Gloriam” – Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao Teu nome toda a Glória. Ou seja, que todos as suas palavras e atitudes tenham sempre como pano de fundo a humildade. Evite palavras ou publicações fúteis somente para se sobressair e, especialmente, se vangloriar.

   Que seja ativo. Que não fique acomodado com a posição já alcançada.

   Que tenha iniciativa. Se prevista em nosso Sumário de Condutas, que não fique esperando ordens de seus superiores.

   Que seja solidário, compassivo e paciente. Ouça e aconselhe, dentro do possível, os sofredores e os menos favorecidos.

   Que encare o Templarismo como um Apostolado e não como um Status Social.

   Que persevere até conseguir o seu objetivo. Desistir é abandonar a luta.

   Que tenha sempre a Temperança como sua Conselheira. Assim fazendo estará evitando a falha tanto pela escassez como pelo excesso.

   Que tenha sempre a Sabedoria como sua Mestra. Antes de uma decisão, pondere e reflita bastante.

   Que evite as conversas fúteis, a maledicência e a crítica ao desempenho dos demais Irmãos. Tais práticas, além de não acrescentarem nada de útil, levam à intrigas e discórdias.

   Que, sentindo-se descontente, comunique o fato ao superior hierárquico. Não dissemine sua insatisfação, pois além de não resolver seu problema, contaminará os demais Irmãos.

   Que se manifeste publicamente uma vez por mês, pelo menos, através de um Artigo seu em Blog próprio, nos Blogs/Site da TempleBrasil e nos Grupos do Yahoo. Exercite a dialética. Temas para artigos é o que não faltam no momento. Você é capaz, sim. Sabemos disso, pois escreveu vários  durante a sua Formação Templária. Ele é a sua voz. Faça com que a ouçam.

   Que se vincule a uma atividade de cunho beneficente em Ong’s confiáveis e publicamente reconhecidas ou em Pastorais da Igreja. A colaboração só em dinheiro soa como esmola. Já sob a forma de gêneros, agasalhos, ou mesmo só palavras, desde que acompanhadas da presença física, soam como caridade de fato.

   Que se esforce para conseguir seguidores para nossa Ordem, e não para si através das Listas Sociais. É importante não ser inconveniente ou insistente demais. Que visite os Deptos. de História das Faculdades de sua cidade. Consiga uma reunião com os alunos. Divulgue nossa Camiseta e o nosso Adesivo.

   Que use as Listas Sociais para publicação de seus Artigos também, ao invés de pura “troca de figurinhas” como vem ocorrendo.

   Que nunca desista de encontrar a Verdade (o seu Santo Graal). Deixei esse tópico para o final para poder falar dele especificamente sob a forma de Crescimento Espiritual, tema que vem sendo objeto de reclamação por parte de alguns por não termos um Curso específico para tal.

 

CRESCIMENTO ESPIRITUAL

 

        É na busca da Verdade que se adquire o Crescimento Espiritual.

        Se o Cavaleiro é um Místico, não precisa fazer nada, pois nasceu com o Conhecimento. Todas as informações que venha a necessitar são-lhes passadas através de Revelações, Sonhos, Inspiração, Vozes....Como esse não é o caso, o Crescimento Espiritual somente se dá através da Iniciação, seguida de muita leitura, especialmente sobre esoterismo, simbologia, pesquisa e comparações entre as diversas religiões e Tradições; da prática das Condutas Templárias; da prática da Meditação (que é a mesma coisa que Reflexão e Contemplação); da prática da humildade (Non nobis Domine...).

 

Ser iniciado significa “morrer” (para os antigos conhecimentos) e “nascer de novo” (para os novos), conforme atestado por Mestre Jesus, o Cristo, no texto Evangélico abaixo:

 

O encontro com Nicodemos - ...Rabi, sabemos que vens da parte de Deus como mestre, pois ninguém pode fazer os sinais que fazes, se Deus não estiver com ele”. Jesus lhe respondeu: “Em verdade, em verdade, te digo: quem não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus”. Disse-lhe Nicodemos: “Como pode um homem nascer, sendo já velho? Poderá entrar segunda vez no seio de sua mãe e nascer? Respondeu-lhe Jesus: “Em verdade, em verdade, te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne é carne, o que nasceu do Espírito é espírito. Não te admires de eu te haver dito: vós deveis nascer de novo. O vento sopra onde quer e ouves o seu ruído, mas não sabes de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todo aquele que nasceu do Espírito.” JOÃO 3 (2 – 8).

 

De fato, não temos Cartilha nem Apostilas de Crescimento Espiritual com exercícios de desenvolvimento e testes de múltipla escolha ao final. Temos 4 Volumes de Conhecimentos básicos da Espiritualidade das Tradições, onde se encontram os fundamentos que deram origem às diversas religiões mais antigas. Ao final de cada Volume pede-se que se expresse com a maior profundidade possível o entendimento de cada tema abordado.

 

No Templarismo a iniciação se dá com a Investidura. Daí em diante o Cavaleiro passa a fazer parte da “Egrégora Templária”, que tem em Jesus, o Cristo, seu único Mestre e Senhor. O Crescimento Espiritual está diretamente associado à dedicação às Práticas Templárias e aos estudos.

 

 

 Fr. João Baptista Neto (MC)

                    Prior

 

 

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário