terça-feira, 25 de março de 2014

As Brechas da nossa Democracia

O preço da Democracia é a eterna vigilância.

 

 

 

Na seção de sexta dia 13/09/13 o ministro Joaquim Barbosa presidente do Supremo Tribunal Federal rasgou a Constituição Brasileira na frente de vários colegas do Supremo e afirmou:
 
Somos o único caso de democracia no mundo em que condenados por corrupção legislam contra os juízes que os condenaram.
 
Somos o único caso de democracia no mundo em que as decisões do Supremo Tribunal podem ser mudadas por condenados.
 
Somos o único caso de democracia no mundo em que deputados, após condenados, assumem cargos e afrontam o judiciário.
 
Somos o único caso de democracia no mundo em que é possível que, condenados, façam seus habeas corpus, ou legislem para mudar a lei e sejam libertos.
 
Ministro Joaquim Barbosa

 

Arauto do Templo

 

segunda-feira, 24 de março de 2014

Compartilhando músicas - Links no 4shared

Irmãos, Saudações

 

        Abaixo alguns links de meus arquivos no 4Shared

 

 

Músicas Gregorianas - http://www.4shared.com/folder/BGzE7QoG/Gregorianas.html

Músicas Templárias - http://www.4shared.com/folder/DpWTIGY5/Templrias.html

Músicas Hindus - http://www.4shared.com/folder/vqrr1yR-/Indianas.html

Músicas Budistas - http://www.4shared.com/folder/dp4VJcdA/Budistas.html

Músicas Druídicas - http://www.4shared.com/folder/23VAFSn5/Drudicas.html

        Em breve enviarei links para Livros e Clips Templários

 

Fraterno Abraço,

 

Fr. +João Baptista Neto

 

terça-feira, 18 de março de 2014

Priorado Magistral do Rio de Janeiro celebra Missa In Memoriam pelo transcurso do 700º aniversário de execução de F. Jacques de Molay

Em cerimônia realizada às 11:00 horas na Igreja da Irmandade da Santa Cruz dos Militares, o Priorado Magistral do Rio de Janeiro, da “ORDO SUPREMUS MILITARIS TEMPLI HIEROSOLYMITANI – OSMTH” – Porto – PT. fez celebrar Missa “In Memoriam” pelos transcurso do 700º Aniversário de sua execução.

        Entendemos a ausência da maioria dos Associados e integrantes da TempleBrasil em função do horário em dia útil e também devido ao fato de residirem em outros Estados. Não obstante, como Templários autênticos julgamos cumprido o nosso dever não só de guardar luto por esse dia, como preconiza nossos Estatutos, como também relembrar as principais causas que levaram ao triste fim o nosso 23º Grão Mestre – F. Jacques de Molay e, por fim, clamar, a título de Justiça, o reconhecimento da Ordem como integrante da Igreja, tudo dentro dos limites jurídicos e canônicos possíveis nos dias de hoje.

        Abaixo as palavras do Prior na Homilia:

 

“Autoridades Civis, Militares e Religiosas,

Irmãos Templários e Simpatizantes do Templarismo Moderno,

Senhoras e Senhores.

 

Saudações a todos e o nosso muito obrigado por comparecerem a este ato religioso que o Priorado Magistral do Rio de Janeiro, da “Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolymitani – OSMTH” – Porto – PT faz celebrar  “In Memoriam” do martírio de nosso 23º Grão Mestre – Frère JACQUES DE MOLAY, ocorrido 700 anos atrás, exatamente neste dia, em Paris, França.

 

Conta-nos a história que os motivos que levaram o reino da França a decretar a prisão de seus líderes e a dissolução da Ordem do Templo, foram as heresias e a má conduta moral dos Templários. Pontos esses que desviavam a atenção do povo, que cultivava grande simpatia e respeito pelos Templarios, da dívida que o reino tinha para com a Ordem, que estava financiando a guerra contra a Inglaterra. Como não tinha como pagar, a solução foi a dissolução da Ordem, pois não existindo mais o credor não existiria mais a dívida. Mas esse foi só um dos motivos.

 

Outro dos principais motivos, do qual pouco se fala, foi o de que a Ordem estava incomodando o Estado francês com suas medidas de caráter social. Além do sustento das famílias dos Cavaleiros mortos em combate, implantou na Europa o sistema de irrigação, as cooperativas de agricultores e de moleiros, construção de vilas operárias em suas terras entre outras, medidas essas que poderiam levar o povo que cultivava as terras do reino a reivindicar as mesmas ao Rei.

 

Mas, o principal motivo foi a proposta feita pela Ordem de que se criasse um Órgão supra reinos que zelasse pela paz e a harmonia mundial, sem poder para interferir nos atos e negócios dos reinos, mas com poder de punição em casos de transgressão a determinadas regras. Ou seja, uma autoridade sinárquica, o que vem a ser hoje a ONU – Organização das Nações Unidas. Tal proposta causou grande inquietação em todos os reinos da Europa, pois viram o poder absoluto que exerciam ser ameaçado. Viram que a única organização que poderia assumir esse novo órgão era somente a Ordem do Templo, contra a qual nenhum reino tinha exército suficiente para enfrenta-la. Na verdade, a Ordem já era um poder acima dos outros reinos, devendo obediência somente ao Papa. A Igreja que à época tinha sua sede na cidade de Avignon – França, tendo sido a Ordem desbaratada, nada pôde fazer a não ser concordar com as decisões do Rei sob a ameaça de ser expulsa do território Francês. Essa, foi, a nosso ver, a principal causa da humanidade ter assistido tão injusta e despropositada execução.

 

Assim, Irmãos, como não podemos voltar ao passado e reconstruir os fatos, resta-nos tirar uns bons momentos para refletir sobre tão lamentável e vergonhoso episódio da história da Humanidade. Como estaria o mundo hoje não fosse a Ordem dissolvida? Teríamos tido tantas guerras e desgraças desde então? Haveria melhor distribuição de bens e riquezas? Haveria melhor educação e condições de vida para os menos favorecidos? Haveria menos fome no mundo?

 

A Ordem foi oficialmente dissolvida e desbaratada. Foram 700 anos de clandestinidade em que a força de seus princípios e ideais fizeram que sobrevivesse até os dias de hoje.

 

A “Ordo Supremus Militaris Templi Hieorosolymitani – OSMTH” – Porto – PT é uma Ordem Ecumênica Cristã, sucessora autêntica da Ordem do Templo de Jacques de Molay através de cadeia ininterrupta de transmissões e que, como tal, à vista das injustiças perpetradas e “IN MEMORIAM” pelos benefícios que trouxe para a humanidade, aguarda o reconhecimento de sua autenticidade pela Igreja, tudo dentro dos limites jurídicos e canônicos possíveis nos dias de hoje.

 

A ORDEM DO TEMPLO VIVE.”

 

 

Priorado Magistral do Rio de Janeiro

F. João José Baptista Neto – M.C.

                Prior

 

 

 

 

sexta-feira, 14 de março de 2014

MISSA "IN MEMORIAM" DE F. JACQUES DE MOLAY - 18.03 - CONVITE

MISSA “IN MEMORIAM” DO MARTÍRIO DE F. JACQUES DE MOLAY

 

 

O Priorado Magistral do Rio de Janeiro  da “ORDO SUPREMUS MILITARIS TEMPLI HIEROSOLYMITANI - OSMTH – Porto”  CONVIDA todos os Irmãos Templários Cristãos, sem distinção de qualquer ramificação, e todos os simpatizantes do Templarismo moderno, para a Missa “In Memoriam”  pela passagem dos 700 anos do martírio de seu 23º Grão Mestre – F. JACQUES DE MOLAY –, que fará celebrar no próximo dia 18, às 11:00 horas, na Igreja da Irmandade da Santa Cruz dos Militares – R. 1º de Março, 36 – Centro – Rio de Janeiro – RJ. PEDE-SE QUE NÃO SE APRESENTEM DISCURSOS.

 

F. João Baptista Neto - MC

               Prior

 

 

terça-feira, 4 de março de 2014

Convite da Irmandade HSDCT da Espanha - IN MEMORIAM DE JACQUES DE MOLAY

Irmãos, Saudações.

 

        Abaixo reproduzo Convite da HSDCT para as Celebrações “IN MEMORIAM” de F. Jacques de Molay pelo transcurso dos 700 anos de sua execução. Aqueles que desejarem maiores detalhes da Programação, favor entrar em contato através do e-mail  webmaster@templebrasil.org

 

___________________________

 

 

Os invitamos de todo corazón y ampliamos información 
y agradecemos de antemano deis la máxima difusión posible 

 
esperamos vuestras gratas noticias

Nuestra direccion en Facebook es:

https://www.facebook.com/groups/366380490170828/?fref=ts

 


 

In Memorian De Jacques De Molay
qqhh
 Os informamos que: en abierto y para todos aquellos templarios que así lo deseen podrán participar en esta actividad
 La actividad “In Memorian De Jacques De Molay” en la península ibérica esta organizada conjuntamente por nuestra HSDCT  y la  AIT.  
 Se invitaran principalmente a todos los templarios residentes en la península ibérica (Andorra, Portugal y España) para conmemorar la tragedia histórica del temple y de nuestro último Gran Maestre.
 Se cursaran invitaciones, a TODAS las órdenes, hermandades, fraternidades etc. Que se definan como Templarias, a todos los niveles y sin distinciones de ramas, ideologías, sentimientos, sin ninguna discriminación, ya que nuestro sentimiento es de intentar aglutinar y hermanar, a todo aquel ser humano, que intente o diga que intenta sentir como un templario.
La asistencia es libre y gratuita, los gastos personales cada uno asumirá los suyos,  de momento nos han mostrado ya, interés por participar, hermanos de: Andalucía, Madrid, Castilla la Mancha, Castilla León, Galicia, Aragón, Cataluña, Valencia, Murcia, Portugal,  Brasil e Italia.
La intención es simplemente el organizar en este mes de Marzo, en España y en representación de toda la península Ibérica, (lugar de la Gran Cruzada, en suelo Europeo)  en honor y recuerdo del 700 aniversario de la ejecución de los oficialmente últimos templarios.
Esperamos: la colaboración, apoyo, comprensión y participación de todos aquellos/as que puedan y deseen participar.
El Temple Vive
 
Que Dios Proteja, Ilumine Y Ampare  Nuestro Caminar Templario
Vuestro humilde servidor
Chil

 

 

 

Arauto do Templo