sexta-feira, 16 de abril de 2010

Nota de Apoio ao Vaticano e Carta de Apoio à SS Papa Bento XVI

13/04/10

NOTA INFORMATIVA

 

Remete uma carta de apoio a Bento VXI.

 

O Grande Priorado da Espanha da OSMTJ
demonstra seu apoio a Sua Santidade o Papa

 

 

Concordamos com os milhões de crentes, e não crentes, que estão convencidos que a Igreja Católica sofre na atualidade uma dura campanha para tentar encobrir seu trabalho social e humanitário em todo o mundo. O Papa, a Igreja Católica e os católicos militantes em geral se converteram num obstáculo para todos aqueles que fizeram das políticas que atentam contra a dignidade humana sua bandeira.

 

Ante esses ataques cruéis e sem sentido, todos nos sentimos perseguidos, e como grupo de laicos da Igreja Católica os templários do Grande Priorado da Espanha não podemos deixar de mostrar publicamente nossa indignação por esta campanha e fazendo uso do nosso direito à liberdade de expressão, sair publicamente para defender Bento XVI.

 

O Grande Priorado da Espanha faz suas as palavras do Cardeal Angelo Sodano ao se dirigir ao Papa durante a Missa da Ressurreição, nas quais lhe expressou o apoio da Igreja ante os ataques que recebe pelos casos de pederastria: "Santidade, não está só, os fiéis não se deixam impressionar pelas maledicências do momento".

 

Fazemos constar ademais nossa fidelidade à Autoridade da Igreja, reconhecendo nas palavras do Santo Padre uma orientação moral para todos aqueles que professamos a fé católica, não podendo permanecer impassíveis ante uma campanha de deslegitimação do ministério de Pedro, de quem nos preside na caridade, e da doutrina social da Igreja.

 

Com tal motivo, o Grande Prior da Espanha, Josep de Juan i Buixeda, remeteu uma carta de apoio à sua Santidade Bento XVI que se anexa a esta Nota.

 

Anexamos o Comunicado para que lhe dê a maior difusão possível remetendo-o aos vossos endereços de email.

 

 

Gran Priorato de España
Priorato Magistral de la OSMTJ

 

Carta Anexa:

 

 

Prior Geral

Gran Priorato de España – Priorato Magistral

ORDEN SOBERANA Y MILITAR DEL TEMPLE DE JERUSALEM

 

 

Sua Santidade

BENTO XVI

CIDADE DO VATICANO

ROMA - ITÁLIA

 

 

Santidade:

 

No dia de hoje, como responsável pelo Grande Priorado da Espanha da Orden Soberana y Militar del Temple de Jerusalem (OSMTJ), quero fazer-lhe partícipe, em meu nome e no de todos os integrantes deste Grande Priorado, da preocupação que como laicos católicos sentimos ao ver a insidiosa campanha desatada contra Sua Santidade e contra a Igreja Católica.

 

A fé nos diz que a Igreja e o Papa, como Vigário de Cristo na terra, sucessor de São Pedro e pastor supremo da Igreja Católica, se converteram num obstáculo para as políticas que atentam contra a dignidade humana, o direito à vida e os valores fundamentados na solidariedade. Motivo pelo qual o objetivo em atacar.

 

De parte do Grande Priorado da Espanha entendemos que é nesses momentos que nós laicos devemos nos manifestar clara e livremente nossas convicções, a confiança que temos no ministério sacerdotal, e o necessário que é na sociedade uma referencia moral clara como é a Igreja, e seu representante máximo, Sua Santidade o Papa.

 

Com tal motivo rogo-lhe, em nome de todos os integrantes do Grande Priorado da Espanha, aceite a expressão de nosso total apoio à Igreja Católica, em particular à não tachável referencia moral que supõe para todos Sua Santidade Bento XVI, e NOSSO reconhecimento ao trabalho que conduz em defesa da dignidade das pessoas.

 

Com todo o respeito, mas com todo carinho e gratidão, expressamos-lhe firme apoio e nosso afeto.

 

De Vossa Santidade mui devoto filho.

 

Sede prioral em dez de Abril de 2010.

Fr + Joseph, prior

(Firma e Selo

 

 

 

Fr. +João Baptista Neto

 

2 comentários:

  1. O objetivo da carta de apoio da OSMTJ ao Papa foi o de manifestar solidariedade à Igreja contra esses ataques que ela como instituição vem sofrendo em função de crimes cometido por sacerdotes.
    De fato, foi um crime bárbaro esse cometido por alguns homens que fazem parte da Igreja. Como homens, como todos nós, não são perfeitos e estão sujeitos a erros. A OSMTJ não está defendendo os sacerdotes criminosos.
    Como toda instituição, além dos ideais que as norteiam e dos princípios que as regem, são necessários homens para fazê-la funcionar. E, nem sempre, os homens tem o comportamento que se espera... O que a OSMTJ está fazendo é se colocando ao lado do Papa na defesa dos ideais e dos princípios Cristãos conduzidos pela Igreja por ele chefiada.
    Arauto do Templo

    ResponderExcluir
  2. "Aquele que não tem pecado atire a primeira pedra"...Não se pode julgar toda uma instituição por alguns de seus membros que se desviaram do Caminho da Luz do Fundador do Cristianismo, o Próprio Cristo.
    Um pai não pode pagar pelo erro de um filho, principalmente quando este pai (a Igreja e sua Doutrina) sempre mostrou o Caminho da Luz para seus membros.
    A Ordem demonstra sua compaixão para com o Corpo da Igreja, ao mesmo tempo em que reconhece os crimes cometidos por alguns infiéis.
    Desta forma a Ordem traz à Luz da Humanidade uma atitude Clara e Cristalina que sempre norteou o caminho daqueles que amam a Verdade, a Justiça e a Solidariedade ingredientes Sagrados na receita de um mundo melhor.
    Paz e Luz,
    Albino Neves
    Presidente da Associação Brasileira dos Amigos do Caminho da Luz - ABRALUZ

    ResponderExcluir